Pesquisa!!!!!

21 / 07 / 2012
Anúncios

Entorse de Tornozelo

21 / 07 / 2012

Assunto especifico!!!! Atletas, bailarinos, ginastas e obviamente pessoas que não praticam atividades físicas estão sujeitos a ter um entrose de tornozelo, também conhecido como torção do pé.

É uma lesão comum, que pode ter graus de lesão diferentes, mas que causam grande incomodo para quem sofre a lesão.

Abaixo, segue um texto elucidativo sobre a entorse e cuidados a serem tomados.

O entorse de tornozelo é a lesão mais comum do esporte. Se estas lesões não forem apropriamente
tratadas e recuperadas, o atleta pode experimentar frouxidão ligamentar crônica, dor ou recuperação
retardada. causas:

1. Qual é a lesão musculoesquelética mais comum?
É o entorse dos ligamentos laterais do tornozelo . Ocorre em um índice de 1/10.000 pessoas/dia

2. Quais esportes estão mais comumente associado com entorse de tornozelo?
Os entorses de tornozelo, habitualmente lesões de inversão, são vistos mais comumente no voleibol, basquete e futebol. Os lutadores apresentam mais comumente lesão interna nos tornozelo por causa de lutar com a base de sustentação mais larga.

3. Qual o mecanismo de lesão mais comumente produz entorse de tornozelo?
A inversão do pé supinado e plantarmente fletido produz 85% dos entorses. Nos esporte de salto como o basquete e o vôleibol, a lesão pode ocorrer quando o atleta cai sobre o pé de outro jogador, torcendo os ligamentos laterais.

4. Qual o ligamento mais afetado?
O ligamento do tornozelo mais lesado é o lateral que é o ligamento talofibular anterior, que é o estabilizador primário do tornozelo em flexão plantar. O ligamento calcaneofibular é o estabilizador secundario.

5. Como é feito o diagnóstico do entorse lateral do tornozelo no exame do atleta?
Inicialmente , o paciente terá dolorimento sobre o ligamento afetado. A ruptura parcial ou completa do ligamento talofibular resulta com instabilidade. Isto é verificado pelo teste do ligamento do paciente.

6. Como é feito o teste da gaveta anterior do tornozelo?
Estabilizar a tibia com uma mão e agarrar a parte posterior do calcanhar com a outra mão.
Aplicar força anterior tentando deslocar o tornozelo.
Se houver movimento e dor, indicara que o ligamento foi lesionado.

7. Quando se indica um RX para o tornozelo lesionado?
A indicação se faz necessaria toda vez que houver sinais de lesão ligamentar e o teste de deslocamento for positivo.

8. Quais os graus de entorse de tornozelo?
Os entorse de tornozelo são classificados em grau I, grau II, grau III de acordo com a gravidade.

 

9. Qual o tratamento agudo dos entorses de tornozelo grau I e grau II?
– Gelo , um minimo de 20 minutos 4 x ao dia, até que o edema regride.
– Compressão com atadura elástica, um coxim.
– Elevação do membro 48 a 72 horas
– Drogas antiinflamatórias não esteroides
– Carga quando toleravel, muletas se incapaz de deambular
– Proteção ou suporte no retorno á atividade.

10. Qual o tratamento subagudo nas lesões grau I e II
– suporte, fisioterapia, exercícios de mobilização, treinamento proprioceptivo e agilidade.

11. Quando que o atleta pode retornar a atividade esportiva?
Quando o atleta puder executar sua atividade com todos os movimentos sem dor, tendo força e propiocepção apropriada, e tiver completado uma avaliação supervisionada da agilidade deste.

12. Quais os fatores que podem atrapalhar na recuperação do tornozelo?
Os fatores que atrapalham são:
– Falta de colaboração da pessoa
– Edema severo e persistente
– Alteração dos movimentos
– Lesão nervosa associada principalmente do nervo fibular

13. Qual o tratamento para entorses grau III?
Será aplicados os mesmo princípios de tratamento grau I e II , acrescido de maior tempo de imobilização e em alguns casos até a cirurgia reparadora.

fonte: http://www.fernandesarteiro.com.br/


E hoje tem… aula de dançao do ventre no Ziriguidum Studio

29 / 03 / 2012

Agende uma aula gratuita e conheça nosso studio, nossas modalidades e todos os nosso beneficios!

Av. Nhambiquaras, 1518 – Moema – São Paulo 11 – 5542-7023 / 11 – 7151-4545 / 11 – 7892-7748


Alongando os pés!

18 / 11 / 2011

Como já poste anteriormente, os pés de bailarina sofrem. Mas o que tenho mais visto é que a falta de alongamento dos mesmos, dificulta alguns trabalhos na dança. Todos falam em alongar pernas e braços, mas se esquecem de alongar os pés.

Aqui vão algumas séries simples de exercícios de alongamento para os pés.

Ccaminhe descalço sentindo o contato da sola dos pés com o chão.

Fique de joelhos com os dedos dos pés revirados. (fig. 1)

Estique os pés e sente-se sobre os calcanhares. (fig. 2)

Mantenha os dedões unidos e afaste os calcanhares, sentando-se entre eles. (fig. 3)

Por último sobreponha o pé direito sobre o esquerdo e repita com o outro pé. (fig. 4)

Permaneça nas posições por quanto tempo for confortável, sem forçar. Se sentir cãimbras pare.

Um bom alongamento nos pés pode prevenir dores indesejáveis durante seu dia.
Para isso, indicamos uma série de alongamentos que podem ser praticados a qualquer momento e em qualquer lugar: antes de sair de casa, no trabalho, na frente da televisão, na sala de aula, no trem, no ônibus e até mesmo num avião (durante uma longa viagem).
Esses exercícios de alongamento beneficiam tanto os pés quanto a parte inferior das pernas, protegendo-as de lesões musculares. À medida que faz os exercícios, lembre-se de alongar-se moderadamente, nunca para sentir dor. Além disso, nunca faça os exercícios pulando. Faça movimentos leves e calmos.
1. Enrole uma toalha de rosto, bem apertada, e pressione a ponta dos dedos sobre ela, deixando o calcanhar fixo no chão. Permaneça nessa posição por quinze segundos e relaxe. Repita três vezes com cada pé.

Alongamento para os pés
2. Dobre a toalha, coloque-a no chão e apóie a extremidade do dorso dos pés sobre ela. Fique nessa posição por quinze segundos e relaxe. Troque o pé e repita a seqüência. Faça três vezes com cada pé.
Alongamento para os pés
3. Apóie o pé sobre a toalha dobrada no chão e, com os dedos, desloque-a para a frente e para trás. Não levante a sola do pé do chão. Faça três séries de quinze vezes com cada pé.
Alongamento para os pés
4. Sentada com a mão sobre o joelho, pressione-o para baixo enquanto levanta o calcanhar do chão. Faça três séries de quinze vezes com cada perna.
Alongamento para os pés
Veja também o vídeo sobre alongamento para prevenção da fascite plantar, uma lesão de esforço que afeta a superfície da sola ou do flexor do pé.

http://youtu.be/BiM8ryjkOUQ


Aulas no Tatuape

05 / 09 / 2011

Aulas de danca do ventre no Viver Alternativo